Alberto Sabino - Blog

Informações, fotos, dicas e links do Designer, Consultor de Moda e Turismo de Luxo, Palestrante e Fotógrafo.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Chains in different shapes and patterns. 18k gold plated. By Alberto Sabino

Chains in different shapes and patterns. 18k gold plated. By Alberto Sabino

Mother-of-Pearl, Pearl, 18k gold plated. By AS.

Mother-of-Pearl, Pearl, 18k gold plated. By AS.

Chain Bracelets, by AS. Rodium and 18k gold plated

Chain Bracelets, by AS. Rodium and 18k gold plated.

Pingente em correntinha de bolas, por AS. 18k gold plated.

Pingente em correntinha de bolas, por AS. 18k gold plated.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Earrings by Alberto Sabino. Summer 2010 Collection.

Pearls and 14k gold are the ultimate luxury for these extremely fashion and elegant earrings, by Alberto Sabino.

One of a kind pieces, are a must for his main brand, using the designers own name. You may find the griffe Alberto Sabino at Signature Boutique. No wonder the name! Copacabana Palace Hotel. Rio de Janeiro. Brazil. Phone: +55(21)2548-7070.
albertosabino@albertosabino.com.br
www.albertosabino-fotos.com

Sapatos autênticos de Carmen, na vitrine do Copacabana Palace.

.



.


Colar e brincos Alberto Sabino
na vitrine, abaixo dos sapatos originais, usados por
Carmen Miranda em sua estada no Copa, entre dezembro de 1954
e abril de 1955. Doação do ex-diretor do
Museu Carmen Miranda, e seu biógrafo, Iberê Magnani.

.

Alberto Sabino na Signature - Copacabana Palace. Homenagem a Carmen Miranda.

.


Detalhe Vitrine Signature Boutique
Copacabana Palace Hotel
Colares Alberto Sabino
em homenagem a
Carmen Miranda.


Vitrine de Iberê Magnani


Coleção Alberto Sabino 2010
pode ser encontrada no
Copacabana Palace

A micro sacolinha dourada é uma de minhas embalagens.

.


Bracelets, by Alberto Sabino. 18k goldplated.

Set of different bracelets, by Alberto Sabino. 18k goldplated.

Isabela Capeto. Summer 2010. SPFW.


Alberto Sabino's necklace. Rodium balls. Summer 2010 Collection

This necklace is part of Alberto Sabino's 2010 Summer Collection.

Will be available at Signature Boutique, at Copacabana Palace Hotel, next July, 2009.

Alberto Sabino's Necklace. Metal and rhinestone. 18k goldplated.


23/06/2009, upload feito originalmente por Alberto Sabino.

Alberto Sabino's earring. Amethysr, jade and crystal. 14k Gold.

AS Necklace. Turquoise and blue topaz. 18k goldplated.

Colar AS - pedras, cristais e metal banhado a ouro 18k.


23/06/2009, upload feito originalmente por Alberto Sabino.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

HOMENAGEADA DO DIA: PATRICIA CARTA. VOGUE BRASIL.

.



Há muito desejo homenagear a Patricia e dizer o tanto que fiquei
contente quando soube que usou uma das minhas tiaras expostas
no Copacabana Palace. Cada vez mais profissional, com um
charme proprio, cool, equilibrado, chic.

Estamos no aconchegante, e sempre crowded, lounge
da VOGUE, no SPFW.

foto: Ale Farah.


.

SPFW . Foto 04









São pessoas simpáticas, que se divertem no Fashion Week, caprichando em suas produções, provavelmentge ficando horas no espelho decidindo o melhor. Merecem nosso respeito, seja qual for a intenção deles. E fazem o clima de festa da Semana. Sempre bem-vindos!

Moda é questão de gosto. Não há imposição e, pra mim, julgamento é relativo. Vítimas, lançadores, referências? Se não houver quem ouse e arrisque, não há renovação.

.

SPFW. foto 02.

.


São pessoas simpáticas, que se divertem no Fashion Week, caprichando em suas produções, provavelmentge ficando horas no espelho decidindo o melhor. Merecem nosso respeito, seja qual for a intenção deles. E fazem o clima de festa da Semana. Sempre bem-vindos!

Moda é questão de gosto. Não há imposição e, pra mim, julgamento é relativo. Vítimas, lançadores, referências? Se não houver quem ouse e arrisque, não há renovação.

.
.

"Street Fashion", por assim dizer, no SPFW. Foto 01.

.



.São pessoas simpáticas, que se divertem no Fashion Week, caprichando em suas produções, provavelmentge ficando horas no espelho decidindo o melhor. Merecem nosso respeito, seja qual for a intenção deles. E fazem o clima de festa da Semana. Sempre bem-vindos!

Moda é questão de gosto. Não há imposição e, pra mim, julgamento é relativo. Vítimas, lançadores, referências? Se não houver quem ouse e arrisque, não há renovação.

.

SPFW - junho 2009 - Exposição Betty Lagardère - Alta Costura

..



Betty Lagardère foi a grande estrela deste SPFW,
Por todo lado, e principalmente no último piso, podíamos ver referências
sobre nossa brasileira Madame Lagardère.

Abaixo alguns de seus modelos:






.

Contrastes. Reflexões. Descobertas.

Hoje passei um Domingo longe da Moda. Como sempre escrevo aqui, sou um cara eclético, que gosta de conhecer a vida, o mundo, as pessoas. Curto o luxo, a sofisticação e a beleza, mas penso na miséria, na simplicidade e no “feio” da vida.

E, afinal, o que é este “feio”? Hoje tive a oportunidade pra refletir sobre isso.

Tenho um Studio na Bela Vista, que alguns dizem ser o East Village de São Paulo, mas não concordo. Este bairro inclui desde cantinas italianas a casinhas charmosas e casas mal tratadas, grafitadas, habitadas com carência. Alguns diriam: “sim, também o East Village”.

Enfim, esta comparação pouco importa para o que vou relatar e só mostra o meu grilo falante viajado buzinando no meu ouvido, querendo fazer pose.

Dizia, então, que me afastei da Moda hoje. Fui para outra realidade. Primeiro uma festa junina de rua que, por estar em SP tinha muita pizza e massa pra vender nas barraquinhas. E um tal de pão de queijo no palito, que li mas não vi nem comi. Resolvi depois almoçar no centro, numa boa Padaria, a Palma de Ouro. Lembrei de Portugal e pedi “Alheiras”.

Resolvi, depois, que queria conhecer o recém reformado Cine Marabá, que agora tem cinco salas e mantém alguns detalhes do original. Saindo, `noite, resolvi atravessar a Ipiranga, perto da Av. São João, e comer kibe no Habib’s. Sou louco por comida árabe. Melhor, sou louco por comida. Ponto. Programa “popular” completo, como tem que ser. Não quero e não posso viver em redoma, até mesmo porque artistas precisam de informação e sentimentos de todos os tipos.

Ao começar a entrar para ir ao Caixa, ouvi uma voz ao meu ouvido, pedindo alguma coisa. Automaticamente não olhei, entrei e fui fazer meu pedido. Fiquei incomodado, no entanto. O que eu fazia, no Centro de São Paulo, domingo à noite, um pouco frio, cheio de mendigos enrolados em finos cobertores baratos e caixas de papelão? Fiquei desconfortável, não queria olhar a rua e estava com fome. E todos aqueles lá fora, bandidos ou não, com certeza com mais fome que eu, como distinguir, como não me envolver,como me proteger?

Procurei um canto pra esperar. Havia pedido uma caixa pra levar e comer em casa. Cheia de kibes e esfihas. Afinal, olhei a rua. Havia um jovem que me olhava, esperando uma resposta, uma ajuda. Coloquei a mão no bolso. Não posso deixar de dar algum dinheiro, pensei. Assim que o fiz, percebi que outros viram e se fixaram em mim. Se desse dinheiro para um, haveria um monte à minha volta. E o perigo? Que perigo eu correria? O que eles fariam com o dinheiro? Desisti e parei de olhar.

Minha caixa ficou pronta, cheia de comida. Olhei pra rua. Ainda havia o jovem e um garoto enrolado num cobertor, me espreitando. O que vem a seguir, foi uma sequência quase sem pensar, por um impulso talvez perigoso, mas do qual não me arrependo. Abri a caixa, coloquei as esfihas no guardanapo, com todo cuidado, como se fossem para um convidado, e levei pra eles. Olhei bem em seus olhos. Não queria que sentissem outra coisa, além do respeito que estava tendo, usando minhas melhores condições . Troca de olhares rápida, mas que me emociona até agora, enquanto escrevo. Um agradecimento simples para um oferecimento simples.

Voltei pra minha caixa árabe, querendo ir embora. Interessante, não tive medo de sair à rua pra chamar um taxi. Talvez perigosamente, eu estava confiante. E olhava, sem pena ou altivez, para alguns que se aproximavam. Os taxis não paravam, provavelmente com medo daqueles que estavam perto de mim. O rapaz a quem ofereci a esfiha veio me perguntar se eu queria que ele me trouxesse um taxi. O mesmo fez o vendedor de cartões de telefone, com sua boina “reggae” colorida, de quem comprei um (quem sabe um dia posso precisar?). O garoto do cobertor, que depois veio me pedir pra comprar uma vitamina, veio me mostrar o copo, pra provar que realmente comprara o refresco e não drogas. Mais algumas cenas, mas não vou lhes tomar o tempo mais.

Quero encerrar, dizendo que o rapaz me trouxe um taxi. Olhei a cara do motorista. Normal Arrisquei-me, é verdade, e tomei o taxi. De alguma maneira não me senti ameaçado, mas protegido. Deu tudo certo.

Sei que não devo repetir isso. Dentro do taxi uma emoção começou a me tomar. Uma vontade de chorar, que era uma mistura de tudo. De tanta coisa, que prefiro nem tentar descrever. Em casa, um pranto solto e emocionado, que deixei fluir.

E uma certeza agora. Preciso ajudar as pessoas. Senti como se fosse um recado, uma mensagem, uma missão.



domingo, 21 de junho de 2009

Vestido Guy Laroche

.





Nesta época eu estava doente em casa e, de repente, me aparece um cara, se não me engano com uma atadura no dedo ou na mão... Oi... falamos em francês... "Je te présente Christophe. Il va avec nous a Manaus, por conaître l'Amazonie...". Não reconheci de imediato. Segundos depois, pela boca, bem característica dele, percebi que era o ator de Highlander, e Tarzan de Greystoke, na varanda da minha casa. Muito simpático.

O vestido acima foi usado por Betty no lançamento da ELLE no Brasil, coma presença de Christophe e a mulher Diane. Jean Luc Lagardère era o dono da Hachette, da qual ELLE faz parte.

.


.

Smart fashion na SPFW

Fernanda Barbosa e AS - SPFW

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...