Alberto Sabino - Blog

Informações, fotos, dicas e links do Designer, Consultor de Moda e Turismo de Luxo, Palestrante e Fotógrafo.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Observatório de pessoas.





Ficar num shopping, sozinho, num lugar estratégico, observando as pessoas, pode ser muito bom pra quem gosta ou precisa.  

Você vê "de um tudo", como dizia Jorge Amado.  Falando nisso, lembro ter escrito numa de minhas redações no colégio, esta expressão, que havia acabado de ler num de seus livros.  Achei o máximo "de um tudo".  Minha professora riscou de vermelho e corrigiu.  Hoje volto a usar.  Imagino quantas canetas vermelhas ela precisaria pra riscar os textos de hoje, principalmente na internet.

Tudo muda.  A linguagem escrita é, cada vez mais, parecida com a falada.  O problema é que cada um fala de um jeito.  E começam a aparecer vários dialetos, de tribos diferentes. Um escreve "isso é o ó", outro "achei uó", pra outro mais "eh uoh"... e por aí vai.  Tento me adaptar a essa liberdade, sem agredir muito a memória de D. Maria, a professora de Português (com letra maiúscula).

Eu escrevia sobre o shopping.  Tenho curtido esse tempo, que não tinha antes, pra observar.  Sentado, como agora estou, vejo os adolescentes, que gostam de chegar mais tarde.  As roupas todas parecidas.  E também eu não fui assim?  Calça Saint-Tropez, boca de sino, pestana dupla, do Gomes, e sapato da Spinelli.  O próprio Mauricinho da época, muito arrumado pros padrões de hoje, mas fazia o maior sucesso!  Que cafona lembrar dessas roupas.

Esta tribo de adolescentes de shopping é um exemplo de falta de educação.  Gostam de falar alto, ficam aos beijos em sofás, quase camas, e correm no meio das pessoas. Em compensação, um senhor negro (afro descendente?), humilde mesmo, ficou sentado durante todo o tempo em que o pianista tocava.  E foi o único a ir até ele, agradecendo e elogiando.  O pianista, muito bom, ao final de sua apresentação  recolheu suas pautas e foi embora.  Como quem acaba de tomar um café.  Alguns dias a platéia é mais calorosa e chega a aplaudir.  Um alimento pra um artista.

Vou escrever mais sobre isso em breve.








.

2 comentários:

Hanna disse...

Realmente, este pianista é mto bom. Descobri sexta passada. Queria saber os dias que ele toca.

ALBERTO SABINO disse...

Já vi dois pianistas lá, de 18h até as 19 horas. Vou procurar saber e te falo, Hanna.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...